Influência do cão sobre a microbiota do pó na prevenção da asma: ao cão e ao menino, carinho.

Actu GP : Influence du chien sur le microbiote de la poussière en prévention de l’asthme : un coup de maitre ?

Os cães não levam para casa do dono apenas o seu carinho e o seu brinquedo favorito: a sua presença altera também a microbiota do pó doméstico, exercendo um potencial efeito preventivo e protetor contra a asma nos seus jovens companheiros humanos.

 

Todos os donos de cães o sabem: os seus patudos colocam à prova a paciência dos fanáticos de casas impecavelmente limpas, largando pelos um pouco por todo o lado. O Bóbi traz para o lar, dos seus passeios pelo exterior, múltiplos microrganismos. A presença destes modifica a microbiota do pó das nossas habitações... O que poderá explicar o “efeito cão” na proteção contra a asma.

Influência do Bóbi sobre a microbiota do pó…

Assim, investigadores passaram a pente fino o pó de 182 lares finlandeses (incluindo 56 com cão) e de 284 residências urbanas da Alemanha (18 com cão). Os resultados são claros: a presença do Bóbi corresponde a uma sobreabundância de certas bactérias e a uma maior variedade destas no pó doméstico das casas. Há sete géneros bacterianos que se revelam muito mais presentes nos lares onde vive um cão. Por outro lado, o impacto da presença de caninos manifesta-se mais limitado face aos fungos microscópicos do pó: há apenas uma levedura, normalmente também existente na água e na terra, que reforça a sua presença nessas casas.

...e o risco de asma?

Pelo contrário, as bactérias tipicamente associadas ao ser humano sofrem uma redução de um terço quando se tem um companheiro canino a viver em casa. E ainda bem! De facto, uma grande abundância de micróbios associados com o homem significa, potencialmente, mais agentes patogénicos humanos e riscos acrescidos de se desenvolver asma. Assim, de acordo com os investigadores, essa redução relativa de bactérias "humanas" e/ou o aumento das bactérias "caninas" poderão explicar a redução do risco de infeções respiratórias e de asma nas crianças que crescem com um ou mais animais de estimação. Mais um argumento para aqueles que sonham em adotar um companheiro de 4 patas e... facilitar um pouco no que respeita às limpezas?

 

Fontes:

Mäki, J.M., Kirjavainen, P.V., Täubel, M. et al. Associations between dog keeping and indoor dust microbiota. Sci Rep. 2021 Mar 5;11(1):5341.