área para o
público geral
Acesso
a profissionais

Probióticos

De acordo com a OMS, “probióticos são microrganismos vivos, os quais quando administrados em quantidades adequadas conferem benefícios à saúde de quem os toma”. Estão naturalmente presentes em alguns alimentos e estão também disponíveis em medicamentos e suplementos alimentares. A função dos probióticos é de cuidar da nossa microbiota ou corrigir algum desequilíbrio que possa ter ocorrido (disbiose).

Quais são os benefícios dos probióticos?

Os probióticos atuam no ecossistema da microbiota intestinal para o melhorar, fortalecer a função barreira, melhorar a resposta imune e diminuir a inflamação. Em gastroenterologia os probióticos são usados para:

  • Diminuir a frequência e severidade de diferentes tipos diarreias (diarreia provocada por Clostridium difficile, diarreia associada ao uso de antibióticos, ou devida a gastroenterite…),
  •  Redução do risco de recaída em caso de pouchite, uma doença inflamatória crónica do intestino,
  • Melhoram o conforto intestinal em casos de síndrome do intestino irritável…

Algumas espécies estão também a ser estudadas para atuar a nível de outras microbiotas (pele, vaginal…) em doenças como eczema alérgico, acne ou vaginose.

Onde Podemos encontrar probióticos?

Saccharomyces boulardii, Lactobacillus rhamnosus, Bifidobacterium infantis…estes nomes com origem no latim designam probióticos bons para o nosso bem estar. Provavelmente ingere-os sem saber em iogurtes, queijos e chucrute… e em muitos outros alimentos de uso corrente. É Por isso que é crucial manter uma dieta saudável e equilibrada.

probióticos

 

Identificar espécies probióticas não é um processo simples!

Entre os biliões de microrganismos que existem, quais escolher? É uma tarefa árdua para os investigadores que analisam os microrganismos passo a passo, através de vários ensaios, primeiro em animais e depois em humanos. Eles vão selecionando os microrganismos com base:

  1. Suas propriedades (antipatogénicos, efeito na redução de colesterol…)
  2. Resistência no ambiente intestinal (temperatura, pH, ácidos biliares..), e na sua segurança)

 

 

Fontes
Food and Agricultural Organization of the United Nations and World Health Organization. Health and nutritional properties of probiotics in food including powder milk with live lactic acid bacteria. World Health Organization [online], http://www.who.int/foodsafety/publications/ fs_management/en/probiotics.pdf (2001).
de Melo Pereira GV, de Oliveira Coelho B, Magalhães Júnior AI, Thomaz-Soccol V, Soccol CR. How to select a probiotic? A review and update of methods and criteria. Biotechnol Adv. 2018;36(8):2060-2076.
Yu Y, Dunaway S, Champer J, Kim J, Alikhan A. Changing our microbiome: probiotics in dermatology. Br J Dermatol. 2020;182(1):39-46.
Quigley EMM. Prebiotics and Probiotics in Digestive Health. Clin Gastroenterol Hepatol. 2019;17(2):333-344.
Suez J, Zmora N, Segal E, Elinav E. The pros, cons, and many unknowns of probiotics. Nat Med. 2019;25(5):716-729.
Bermúdez-Humarán LG, Salinas E, Ortiz GG, Ramirez-Jirano LJ, Morales JA, Bitzer-Quintero OK. From Probiotics to Psychobiotics: Live Beneficial Bacteria Which Act on the Brain-Gut Axis. Nutrients. 2019;11(4):890.