Microbiota infantil: as desvantagens de uma cesariana podem ser atenuadas através da amamentação?

Actu GP : Microbiote infantile : les inconvénients de la césarienne réduits par l’allaitement ?

Embora o nascimento por cesariana afete a estrutura e a composição da microbiota intestinal dos recém-nascidos, a amamentação exclusiva pode restaurá-la parcialmente, de acordo com um estudo chinês publicado na revista Frontiers in Microbiology.

 

A cesariana, o leite artificial e os antibióticos estão regularmente associados ao aumento dos riscos de obesidade, de alergias ou mesmo de diabetes mellitus. O que é que todos estes aspetos têm em comum? Todos parecem perturbar a colonização bacteriana do trato gastrointestinal que começa logo após o nascimento. Contudo, ainda são desconhecidos os efeitos individuais de cada um desses parâmetros, bem como o seu impacto combinado, sobre a estrutura e a composição da microbiota intestinal. Para tentar encontrar uma resposta, investigadores analisaram a flora bacteriana de 120 bebés com seis semanas de vida, divididos em grupos tendo em conta o tipo de parto, o tipo de aleitamento materno (alimentação exclusiva ou mista) e a exposição a antibióticos desde o nascimento.

Baixo conteúdo de bifidobactérias

Os cientistas observaram que a microbiota intestinal dos recém-nascidos nascidos através de cesariana tinham significativamente menos bifidobactérias (que promovem uma boa saúde intestinal e imunológica) e um conteúdo aumentado de dois tipos de bactérias potencialmente prejudiciais, quando comparada com a das crianças nascidas de parto vaginal. A microbiota intestinal das crianças amamentadas foi, no entanto, semelhante entre os bebés que alternaram entre o leite materno e a fórmula. Mas, ao combinar essas duas variáveis, os autores concluíram que o tipo de alimentação apenas teve impacto nas crianças nascidas por cesariana. E se a microbiota desses bebés foi alterada pelo leite materno? Ao testar essa hipótese, os investigadores observaram que a microbiota de bebés nascidos por cesariana e amamentados exclusivamente a leite materno era muito semelhante à dos bebés nascidos de parto normal. A exposição a antibióticos, no entanto, não teve impacto na flora intestinal. Os investigadores acreditam se deve, provavelmente, ao facto de os medicamentos terem sido administrados por um curto período de tempo e em doses baixas.

Cesariana + leite materno = microbiota saudável

Este estudo fornece novas perspetivas sobre uma questão controversa, uma vez que apenas o tipo de parto parece ter impacto na estrutura e composição da microbiota intestinal dos recém-nascidos. Também revela que, em caso de nascimento por cesariana, a microbiota dos recém-nascidos pode ser parcialmente restaurada através do aleitamento materno exclusivo, revelando novos benefícios dessa prática fortemente recomendada pela Organização Mundial da Saúde.

 

Fontes:

Liu Y, Qin S, Song Y et al. The Perturbation of Infant Gut Microbiota Caused by Cesarean Delivery Is Partially Restored by Exclusive Breastfeeding. Front. Microbiol. 10:598. doi: 10.3389/fmicb.2019.00598