Pr. Shifrin (vencedor russo em 2020): Microbiota intestinal e antibióticos

Para comemorar o Dia Mundial da Microbiota (#WorldMicrobiomeDay), o Biocodex Microbiota Institute passa a palavra aos beneficiários de Bolsas nacionais.

Publicado em 15 Junho 2022
Atualizado em 15 Novembro 2022
WMD_Foundation KOL Russia 2020

Sobre este artigo

Publicado em 15 Junho 2022
Atualizado em 15 Novembro 2022

Pr. Oleg Shifrin

Gastroenterologista da mais elevada categoria de qualificação, Chefe do departamento de doenças crónicas dos intestinos e pâncreas do Hospital Clínico Universitário n.º 2, Doutor em Ciências Médicas, professor do departamento de propedêutica de doenças internas, gastroenterologia e hepatologia da Primeira Universidade Médica do Estado de Moscovo (Universidade Sechenov, Rússia).

Membro do grupo para o desenvolvimento de diretivas clínicas nacionais. Áreas de interesse: conceito diagnóstico de "esteatose pancreática" e "esteatopancreatite", relação clínica entre esteatose pancreática e síndrome metabólica; relação clínica entre o aparecimento de DII e a evolução posterior da doença para o desenvolvimento de planos de tratamento personalizado do paciente; prevalência e características clínicas das infeções por Helicobacter pylori e por Clostridium em pacientes com colite ulcerosa.

O que é que a bolsa nacional permitiu descobrir na sua área de investigação da microbiota?

A Bolsa nacional possibilitou estudar detalhadamente os efeitos da antibioticoterapia sobre as mudanças qualitativas e quantitativas na composição da microbiota intestinal, bem como sobre a concentração e o espectro dos metabolitos bacterianos - ácidos gordos de cadeia curta. Foi estudado pela primeira vez o efeito da antibioticoterapia na permeabilidade intestinal seletiva. Foi estabelecida uma relação entre a antibioticoterapia e a ocorrência de sintomas caraterísticos de doenças funcionais do trato gastrointestinal.

Os antibióticos são uma descoberta científica extraordinária que salva milhões de vidas, mas a sua utilização excessiva e inapropriada tem agora suscitado sérias preocupações para a saúde, nomeadamente com a resistência aos antibióticos e a disbiose. Vejamos a sua página dedicada.

O papel ambivalente dos antibióticos

Ao destruírem as bactérias responsáveis pelas infeções, também têm impacto na m…

O que é a Semana Mundial da Conscientização Antimicrobiana?

Todos os anos, desde 2015, a OMS organiza a Semana Mundial de Sensibilização para os Antimicrobianos (WAAW), que tem como objetivo aumentar a sensibilização para a resistência aos antimicrobianos a nível global. Realizada entre 18 e 24 de novembro, esta campanha incentiva o público em geral, os profissionais de saúde e os decisores a utilizarem cuidadosamente os antimicrobianos, a fim de evitar o surgimento de uma maior resistência aos antimicrobianos. 

Quais são as consequências para os pacientes?

Espera-se que os resultados do projeto possibilitem determinar um mecanismo patogenético adicional para a formação de sintomas das doenças gastrointestinais funcionais e se tornem numa base para se desenvolver a forma ideal de preveni-los.

Os vencedores da Fundação

Descubra outros testemunhos
BMI 22.20

en_view en_sources

    Leia também