área para o
público geral
Acesso
a profissionais

A Microbiota Pulmonar

Acreditou-se outrora que pulmões saudáveis não continham microrganismos. Isso tem sido posto em causa desde a recente descoberta da microbiota pulmonar.

A composição da microbiota pulmonar é moldada primeiramente pelo ambiente: clima, zona geográfica, a área onde vive e a exposição a animais domésticos, entre outros, mas tem também muitas semelhanças com a microbiota intestinal. A flora no trato respiratório inferior (pulmões, brônquios, etc.) está longe de ser uniforme e varia significativamente da do trato respiratório superior (nariz, boca). O seu papel é pouco conhecido, mas pode proteger-nos de inflamações relacionadas com alergias. São vários os fatores que podem diminuir a diversidade bacteriana e levar a desequilíbrios na microbiota respiratória: alguns estão relacionados com o corpo (defesas imunitárias em baixo, tosse, etc.), outros com o ambiente (tabaco, infeções virais, tratamento com antibióticos, etc.). Um desequilíbrio (disbiose) na microbiota pulmonar pode levar ao aparecimento de bactérias e fungos patogénicos e contribuir para o desenvolvimento de doenças respiratórias crónicas, como a asma e a Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC). 

 

Fontes:
Michon A-L, Marchandin H. Diversité physiopathologique du microbiote respiratoire. Revue Francophone des Laboratoires - février 2015 - n°469.
Shukla SD, Budden KF, Neal R, et al. Microbiome effects on immunity, health and disease in the lung. Clin Transl Immunology. 2017;6(3):e133. Published 2017 Mar 10.

Doenças

Modular a microbiota

Probióticos podem afetar o equilíbrio da microbiota. Descubra seus diferentes modos de ação