área para o
público geral
Acesso
a profissionais

Prostatite

A prostatite é uma inflamação aguda ou crónica da próstata. Pode ser causada por uma infeção no caso da inflamação aguda. A bactéria responsável é a maior parte das vezes a Escherichia coli. A dor crónica, contudo, implica mais provavelmente um desequilíbrio na microbiota urinária. 

A prostatite afeta aproximadamente 10 % dos homens. Sintomas, com nas cistites femininas, incluem sensação de ardor a urinar e a necessidade frequente de o fazer. Outros sintomas podem estar presentes, como dor pélvica, perianal ou retal, e febre, o que requer tratamento urgente. 

Prostatite aguda: origem infeciosa?

As principais bactérias responsáveis, Escherichia coli ou outras enterobactérias, vêm da microbiota intestinal. A bactéria Escherichia coli está presente em 80 % dos casos de prostatite aguda. A infeção começa mais frequentemente na uretra, que é o canal que vem da bexiga. Bactérias sexualmente transmissíveis, como clamídia ou gonococos, também podem causar prostatite. 

A microbiota urinária envolvida nas formas crónicas

Nos casos de prostatite crónica, a origem é menos clara; as bactérias são menos frequentemente isoladas. Estudos recentes sugerem que uma alteração na microbiota intestinal pode desempenhar um papel no aparecimento da prostatite crónica. De facto, há muito que acreditamos que a urina é estéril, o que não é o caso. Existe uma microbiota urinária. Além disso, há uma diferença de composição entre a microbiota urinária dos doentes com prostatite crónica e a de um homem saudável. As alterações da microbiota urinária pelo tratamento com antibióticos podem ser a causa das formas crónicas.

Tratamento com antibióticos

O tratamento da prostatite aguda tem por base a prescrição de antibióticos e, por vezes, requer hospitalização quando ocorrem sintomas mais graves. Tratar a prostatite crónica continua a ser mais complicado. Opções probióticas estão ainda numa fase muito preliminar. 

 

Fontes:
Nickel JC, Downey J, Hunter D, Clark J. Prevalence of prostatitis-like symptoms in a population based study using the National Institutes of Health chronic prostatitis symptom index. J Urol. 2001;165(3):842-845.
Shoskes DA, Altemus J, Polackwich AS, Tucky B, Wang H, Eng C. The Urinary Microbiome Differs Significantly Between Patients With Chronic Prostatitis/Chronic Pelvic Pain Syndrome and Controls as Well as Between Patients With Different Clinical Phenotypes. Urology. 2016;92:26-32.
Amarenco G. Microbiote urinaire et troubles mictionnels. Prog Urol 2015; 25,11:625-27. http://www.urofrance.org/nc/science-et-recherche/base-bibliographique/article/html/microbiote-urinaire-et-troubles-mictionnels.html
SPILF 2014. Mise au point. Diagnostic et antibiothérapie des infections urinaires bactériennes communautaires de l’adulte. http://www.infectiologie.com/UserFiles/File/medias/Recos/2014-infections_urinaires-long.pdf