Acesso a
profissionais
Público

Diarreia do viajante

Reforço da microbiota intestinal: um tratamento profilático para a diarreia do viajante? Alguns estudos sugerem que é possível, mas é necessária mais investigação.

As pessoas que viajam para países com climas quentes e más condições de higiene estão expostas a um risco significativo de diarreia infeciosa: 10% a 40% serão afetadas durante a sua estadia1. Na maioria dos casos, esta diarreia deve-se a bactérias patogénicas (Escherichia coli, Salmonella, Shigella, Campylobacter jejuni, etc.). No entanto, parasitas (Giardia lamblia, Cyclospora, Cryptosporidium, etc.) e vírus (norovírus, rotavírus, etc.) estão implicados em cerca de 10% dos casos2.

Nem sempre é um problema pequeno

Embora a diarreia do viajante seja comum, tem consequências. Na realidade, a diarreia perturba o equilíbrio da microbiota intestinal, pelo menos temporariamente, o que pode ter consequências a longo prazo, particularmente porque aumenta o risco de desenvolvimento da síndrome do intestino irritável3. No curto prazo, há o risco de comprometimento da absorção de fármacos e o risco de desidratação, perigosa em pessoas sensíveis.

Probióticos como tratamento preventivo

A microbiota é a primeira linha de defesa do corpo contra infeções entéricas. Os probióticos são, há muito tempo, vistos como uma forma de prevenir a diarreia do viajante. Por exemplo, uma equipe austríaca realizou, há quase trinta anos, dois estudos randomizados e controlados sobre os efeitos da levedura probiótica Saccharomyces boulardii.

Eficácia comprovada em estudos clínicos 

Vários estudos mostraram que o tratamento preventivo com a levedura probiótica Saccharomyces boulardii pode reduzir o risco de desenvolver diarreia.4,5 Alguns estudos controlados e randomizados também sugeriram o potencial preventivo de combinar lactobacilos com outras famílias de bactérias.6 No entanto, até hoje, continua a haver poucos bons estudos com prebióticos ou probióticos.1

 

Fontes:
1- Steffen R et al. Traveler’s diarrhea: a clinical review. JAMA 2015 ; 313 : 71-80. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/?term=Steffen+R%2C+Hill+DR%2C+DuPont+HL.+Traveler%E2%80%99s+diarrhea%3A+a+clinical+review.+JAMA+2015+%3B+313+%3A+71-80.
2-  CHU Rouen. La diarrhée du voyageur [en ligne]. Extrait et inspiré de « Vacinnation : visa pour... la diarrhée du voyageur. Aspects actuels et perspectives ». Dr Patrice Bourée – N°8/1997. Mis à jour le 13 août 1998 par Jean Philippe Leroy. [consulté le 30/01/2017]. Disponible à l'adresse : http://www.chu-rouen.fr/cap/tourista.html
3- Schwille-Kiuntke J et al. Systematic review and meta-analysis: post-infectious irritable bowel syndrome after traveller’s diarrhoea. Aliment Pharmacol Ther 2015 ; 41 : 1029-37. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25871571
4- Kollaritsch H et al. Prevention of traveller’s diarrhea : comparaison of different non antibiotic preparations. Travel Med Int 1989 : 9-17. https://www.optibacprobiotics.co.uk/uploads/kollaritsch,_h._et_al_(1993)_prevention_of_traveller's_diarrhoea_for_travelling_abroad_optibac_probiotics_www.optibacprobiotics.co.uk.pdf
5- Kollaritsch H et al. [Prevention of traveler’s diarrhea with Saccharomyces boulardii. Results of a placebo controlled double-blind study]. Fortschr Med 1993 ; 111 : 152-6. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/8486328
6- McFarland LV. Meta-analysis of probiotics for the prevention of traveler’s diarrhea. Travel Med Infect Dis. 2007;5(2):97-105. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/?term=McFarland+LV.+Meta-analysis+of+probiotics+for+the+prevention+of+traveler%E2%80%99s+diarrhea.+Travel+Med+Infect+Dis.+2007%3B5(2)%3A97-105.

Patologias

  • Diarreia associada a antibióticos

    Os antibióticos, ao perturbar a microbiota intestinal, podem causar diarreia mais ou menos grave.
    Voir
  • Distúrbios intestinais funcionais em adultos

    A diarreia funcional, caracterizada por movimentos intestinais muito frequentes, não tem muitas vezes uma causa identifi...
    Voir
  • Distúrbios intestinais funcionais em crianças

    A cólica infantil está entre os problemas mais comuns e mais receados pelos pais de recém-nascidos: os resultados recent...
    Voir
  • DII

    As doenças inflamatórias intestinais (DII) crónicas, como a doença de Crohn e a colite ulcerosa, estão correlacionadas c...
    Voir
  • Cancro gastrointestinal

    Os cancros gastrointestinais têm muitas causas possíveis. Embora a genética e o meio ambiente tenham um impacto claro, a...
    Voir
  • Doença celíaca

    A doença celíaca é uma doença com muitas incógnitas. Foi aberta uma nova área de explicações com evidências que suger...

    Voir
  • Diarreia infeciosa

    O equilíbrio intestinal é significativamente afetado em casos de diarreia infeciosa. Estudar o ecossistema microbiano du...
    Voir
  • Síndrome do intestino curto

    A síndrome do intestino curto (SIC) é um estado de má absorção intestinal após a ressecção. O cólon remanescente e su...

    Voir
Biocodex Microbiota Institute

Biocodex Microbiota Institute: um lider internacional em Microbiota

Voir