área para o
público geral
Acesso
a profissionais

Cólica infantil

Cólica infantil: compreender e acalmar o choro do bebé

O som do choro da criança é um barulho perturbador, exigente e destrutivo1. Muitos pais sentem-se incapazes de acalmar o choro inexplicável do bebé e frequentemente vêem-se preocupados, até mesmo desamparados recorrendo ao consultório do Pediatra. No entanto, em certos casos os sintomas resultam normalmente do desconforto relacionado com as cólicas simples, consideradas não graves. Contudo, surge a questão e se desconforto do bebé é causado pela sua microbiota intestinal?

Existe ligação entre cólica e microbiota?

A cólica tem sido atribuída a uma ampla variedade de fatores (intolerância à lactose, stress dos pais2….) há muito que o diagnóstico é feito exclusivamente com base na "regra dos 3"3. No entanto, recentemente descobriu-se que a microbiota intestinal das crianças com cólicas é diferente à de crianças sem cólicas

  • tem um conteúdo mais baixo de bactérias benéficas (bifidobactérias e lactobacilos em particular)
  • e com menor diversidade de espécies que compõem a microbiota

Esta questão não surpreende: todo o organismo dos bebês está em construção (sistema imunológico, microbiota...). Esse desequilíbrio, chamado “disbiose”, parece promover o aparecimento de inflamações (e, portanto, cólicas) e pode influenciar o comportamento do bebê através do eixo intestino-cérebro.4

Como ajudar estes bebés e os pais?

A consulta médica continua a ser a primeira forma de tranquilizar os pais, ajudando-os a superar estes episódios sugerindo práticas diárias simples5. Os probióticos apontam ser uma terapêutica promissora para a proliferação de bactérias "boas" (das espécies Lactobacillus reuteri e Bifidobacterium breve, entre outros) e consequentemente podem reduzir para metade a duração diária do choro após 3 meses6. De facto, constitui uma esperança para todos os pais exaustos pelo impacto que as cólicas têm nos filhos, ou seja, 20 a 25% dos bebés entre 1 e 4 meses de idade inseridos em países desenvolvidos.

Infographie_coliques_nourrisson_PT

Fontes
Bellaiche M. Fiches de Recommandations ou d’Informations. Coliques du nourrisson. Groupe Francophone d'Hépatologie-Gastroentérologie et Nutrition Pédiatriques . 2018 sept https://www.gfhgnp.org/recommandations-et-documents/coliques-du-nourrisson/
Indrio F, Dargenio VN, Giordano P, et al. Preventing and Treating Colic. Adv Exp Med Biol. 2019;1125:49–56.
Rhoads JM, Collins J, Fatheree NY, et al. Infant Colic Represents Gut Inflammation and Dysbiosis. J Pediatr. 2018 Dec ;203 : 55-61.e3.
Giglione E, Prodam F, Bellone S, et al. The Association of Bifidobacterium breve BR03 and B632 is Effective to Prevent Colics in Bottle-fed Infants: A Pilot, Controlled, Randomized, and Double-Blind Study. J Clin Gastroenterol. 2016;50 Suppl 2,:S164-S167.
Sung V, D'Amico F, Cabana MD, et al. Lactobacillus reuteri to Treat Infant Colic: A Meta-analysis. Pediatrics. 2018;141(1):e20171811.