área para o
público geral
Acesso
a profissionais

Microbiota cutânea

A pele é composta e revestida por centenas de espécies de microrganismos vivos de acordo com uma organização bem definida: a microbiota cutânea.
Uma alteração neste equilíbrio pode resultar numa doença de pele. 

A microbiota cutânea é um ecossistema muito complexo, composto por um conjunto de microrganismos vivos (bactérias, fungos, vírus e parasitas), que contribuem para a marca olfativa única da pele humana. Tem várias funções; desempenha um papel de defesa, atua como barreira cutânea e atua como reguladora do sistema imunitário.
 
A microbiota de um indivíduo é constituída à nascença: através do contacto com a flora vaginal depois de um nascimento pelo canal vaginal ou através do contacto com a flora estomacal no caso de uma cesariana. Esta microbiota cutânea evolui progressivamente, variando de um indivíduo para o outro de acordo com a idade (nascimento, puberdade, envelhecimento), género (masculino, feminino), fatores genéticos, fatores físico-químicos (humidade, pH, temperatura, quantidade de gordura da pele), ambiente (clima, área geográfica), estilo de vida (higiene, produtos cosméticos, condições socioeconómicas etc.), estado imunitário, a existência de doença, se a pessoa está a tomar medicação, etc. Também varia na mesma pessoa, com base na localização (cara, axilas, costas, etc.). O desequilíbrio está associado a doenças dermatológicas como acne, psoríase e dermatite atópica. Entender o envolvimento da microbiota cutânea nos mecanismos que causam determinadas doenças pode levar a um melhor tratamento. 

 

Fontes:
Todar K. « The Normal Bacterial Flora of Humans » in http://textbookofbacteriology.net/normalflora.html
Kong HH, Segre JA. Skin microbiome: looking back to move forward. J Invest Dermatol. 2012;132(3 Pt 2):933-939.
Chiller K, Selkin BA, Murakama GJ. Skin microflora and bacterial infections of the skin. J Investig Dermatol Symp Proc 2001; 6:170-4.
Relman DA. The human microbiome: ecosystem resilience and health. Nutr Rev. 2012;70 Suppl 1(Suppl 1):S2-S9.
Belkaid Y, Segre JA. Dialogue between skin microbiota and immunity. Science. 2014;346(6212):954-959.
Nakamizo S, Egawa G, Honda T, Nakajima S, Belkaid Y, Kabashima K. Commensal bacteria and cutaneous immunity. Semin Immunopathol. 2015;37(1):73-80.
Dunyach-Remy C, Sotto A, Lavigne JP. Le microbiote cutané: étude de la diversité microbienne et de son rôle dans la pathogénicité. Revue Francophone des Laboratoires; Février 2015, n°469, p. 51-58.

Doenças

Modular a microbiota

Os probióticos podem afetar o equilíbrio da microbiota. Descubra seus diferentes modos de ação.