Alergias: o papel da microbiota

O dossier temático “Alergias: o papel da microbiota”, publicado no final de maio, reporta os últimos desenvolvimentos acerca do papel da microbiota nas doenças respiratórias. 

Publicações científicas recentes vieram acrescentar novos dados sobre o envolvimento das várias microbiotas na asma, alergias alimentares (ovos, leite, amendoins, etc.), rinite alérgica e dermatite atópica. 


Por exemplo, é-nos dito que o Staphylococcus aureus provoca dermatite atópica. Análises recentes demonstraram que a bactéria está presente na pele de recém-nascidos com dermatite atópica com lesões em mais de 90 % dos casos (78 % em casos de dermatite sem lesão e 10 % na pele saudável). A densidade do Staphylococcus aureus está claramente corelacionada com a gravidade da doença. Contudo, existem soluções como emolientes, já prescritas como tratamento preventivo em recém-nascidos com dermatite atópica. Estes tratamentos permitem ao pH cutâneo voltar ao normal. 

BMI-18.02