DPOC: perturbação da microbiota respiratória

Actu GP BPCO : le microbiote respiratoire est perturbé

A flora respiratória de indivíduos com doença pulmonar obstrutiva crónica é menos diversa do que a de indivíduos saudáveis, e isso parece piorar à medida que a doença progride, de acordo com uma equipa suíça.

 

Tosse crónica, expetoração e falta de ar são os principais sintomas da doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC), que afeta mais de 3 milhões de pessoas em França e é caracterizada por obstrução progressiva das vias aéreas. Os doentes que têm essa condição correm maior risco de falência respiratória, bem como de infeções pulmonares.

Perturbação progressiva da microbiota

Até que ponto as bactérias que colonizam os pulmões e o trato respiratório são afetadas pela doença? Para responder a esta pergunta, uma equipa de investigadores examinou a composição microbiana do trato respiratório em diferentes locais (faringe, traqueia, brônquios, pulmões) em 32 indivíduos com DPOC, em seguida comparou essa composição com a de 10 voluntários saudáveis. Em comparação com indivíduos saudáveis e doentes nos estádios iniciais da doença, doentes que sofriam de DPOC grave apresentavam uma abundância bacteriana idêntica, mas uma diversidade menor e uma composição microbiana diferente, muito heterogénea entre os doentes. Este critério poderia ser usado como um marcador para avaliar o nível de progressão da doença, mesmo se as amostras tiradas ao longo do trato respiratório fossem relativamente homogéneas no mesmo indivíduo.

Envolvimento do sistema imunitário

Os resultados também mostraram que o desequilíbrio da microbiota respiratória parecia estar associado a uma maior abundância de algumas células do sistema imunitário (incluindo moléculas responsáveis pela inflamação) em doentes que sofriam de DPOC grave, embora a relação causal entre desequilíbrio microbiano (disbiose) e a doença ainda precise de ser elucidada. Tendo em conta as perturbações desta microbiota associadas a um distúrbio imunitário, pode compreender-se melhor a DPOC e os seus fatores agravantes..

 

Fontes:

Mika M, Nita I, Morf L, et al. Microbial and host immune factors as drivers of COPD. ERJ Open Res 2018; 4: 00015-2018